Pular para o conteúdo principal

Cabelos coloridos


    Como não amar cabelos coloridos, não é? Mas manter um cabelo como esse dá trabalho. Saiba um pouco mais sobre descoloração, cuidados e tintas coloridas.

      A primeira coisa a se fazer para ter um cabelo colorido, é a descoloração(só não é necessário descolorir se a cor do seu cabelo for um loiro claro).
      Se você não sabe bem o que está fazendo, sempre é bom procurar a ajuda de um profissional. Mas se você faz questão de colorir as madeixas em casa, pesquise muito sobre o assunto, e procure usar produtos de qualidade, sempre respeitando o modo de uso na embalagem do produto.

O cabelo ideal: A descoloração acaba com o cabelo. Ela abre a cutícula dos fios para retirar o pigmento. Isso faz com que o cabelo perca água. Os melhores cabelos para serem descoloridos são os de fios grossos e oleosos, já que a descoloração deixa os fios ressecados, mais finos e frágeis. O melhor é que você hidrate muito o cabelo antes e depois da descoloração.

Aprenda à descolorir em casa: Fique no mínimo 3 dias sem lavar os cabelos antes da descoloração. A oleosidade natural irá proteger o couro cabeludo e o próprio cabelo, além de amenizar a coceira e a ardência durante o processo. E não use condicionador na ultima lavagem antes de descolorir, principalmente se seu cabelo for muito escuro, pois o condicionador irá fechar as cutículas capilares e irá dificultar um pouco a descoloração.
       Nunca deixe o descolorante agir mais de 40 min. E se durante a ação do descolorante você perceber que o cabelo esquentou muito e/ou já está elástico, lave os cabelos imediatamente. A água morna ajuda a retirar melhor todo o descolorante dos cabelos. Use um bom creme hidratante após a descoloração.
       Se a tonalidade desejada não for atingida na primeira descoloração, espere no mínimo 15 dias para descolorir o cabelo novamente. Sempre faça a descoloração nos cabelos secos.

Hidratação: Quando se tem um cabelo platinado, a hidratação é extremamente importante e deve ser feita sempre. Use shampoos sem sal, bons condicionadores e bons cremes de tratamento. Use reparador de pontas, cremes e shampoos que tenham em sua fórmula: babosa, óleo de argan, vitaminas, silicone e queratina.

Tintas: Não tenha medo das tintas coloridas! Elas não ressecam o cabelo por não conter amônia.
       As tintas de outros países tem uma fixação melhor, e podem ser compradas pela internet em lojas on-line ou no ebay. As tintas são: Punky Color, La Richie Directions, Special Effects, Raw e Manic Panic.
       Mas existem também tintas brasileiras. São elas: Exotic Criativ, Jeans Colors, Candy Colors, Keraton Hard Colors e Yamá Fashion Color Tonalizante(Clique aqui para ver meu cabelo verde).


Formas alternativas: Há outros meios de ter cabelos coloridos. Muitas pessoas usam anilina para madeira diluída em álcool com um creme hidratante branco. Eu não recomendo este método, as cores não ficam muito boas(a maioria), e álcool nos cabelos?? Não rola né?!
       Tem também a técnica do papel crepom na água fervente. Mas não é bacana mergulhar o cabelo por 10 ou 15 minutos na água quente. Sem falar que pode manchar a sua fronha na hora de dormir.
       Pode-se usar também a famosa violeta genciana com um creme hidratante branco(esta técnica eu já utilizei), ou azul de metileno com creme branco. Tanto violeta genciana quanto azul de metileno podem ser comprados na farmácia. Rende muito.Por serem extremamente pigmentados, são necessárias poucas gotas. Dura bastante nos cabelos e é barato.


É isso gente. Vale a pena ter cabelo colorido(pra quem sabe cuidar). Se você tem medo, comece aos poucos pintando só as pontas ou fazendo uma mexa. Deixem seus comentários e dúvidas, ajudarei da forma que puder. Não se esqueçam de curtir a FanPage do blog.

Beijinhos. ;*

Comentários

  1. Respondendo seu comentário lá no meu blog :
    Pois é , meu cabelo é bem preto , eu não tenho nem coragem de descolorir meu cabelo em casa, eu dei luzes duas vezes e sempre no salão , e não faria nada que agrida meu cabelo , então prefiro pintar ou clarear ele de formas naturais , apesar de que quem descolori e cuida não sofre nenhum dano ! As fotos é só uma inspiração elas não eram pra ser pintados de tintas mesmo ^^ Mais obrigada pela visita no meu blog ta ? Volte lá sempre que quiser e qualquer coisa pode me contatar ! Um beijo .
    http://amor-decereja.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho lindo cabelo colorido! E as dicas foram ótimas!
    http://jessicaasgomes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Reconstrução capilar com queratina líquida - Keramax

Neste post, trago para vocês uma resenha, da queratina líquida da Keramax. É uma carga máxima de queratina para cabelos fragilizados, com geleia real, queratina e creatina. Hidratação, maciez e brilho intenso.
      Custa por volta de R$15,00. Não tenho muita certeza mas acho que na minha eu paguei uns 16 ou 18(eu tive a infeliz ideia de tirar o preço).
      É uma carga máxima de queratina para cabelos fragilizados, com geleia real, queratina e creatina. Hidratação, maciez e brilho intenso.
      A carga máxima de queratina recupera cabelos danificados por químicas, como tinturas e alisamentos, e processos naturais, como exposição ao sol, chuva e vento. Meu cabelo está ainda bastante destruído, já que eu faço tudo em casa(descoloração, coloração, corte...). Então no mês passado(ou retrasado, já nem me lembro mais) eu comprei este produto e já utilizei cerca de 3 vezes, além de colocar um pouco no shampoo e cremes para pentear.
      Já melhorou meu cabelo, infelizmente não dá …

Meu novo cabelo(verde)!

Sim, finalmente vou falar sobre meu cabelo verde! Hahaha. Bom, a primeira coisa que vou dizer é: SIM! Precisa descolorir. Ainda tem muita gente que pensa que basta passar a tinta fantasia e pronto. Não gente, precisa descolorir, à menos que seu cabelo seja naturalmente loiro claro, aí sim você não precisa descolorir, é claro!
          Eu queria deixar meu cabelo bem verdinho, porém, decidi não fazer mais descolorações porque meu cabelo já estava bem denotado(e já esteve pior), já fiz muita coisa no meu cabelo. Vejam só:
De 2010 até agora(maio/2014), eu já deixei meu cabelo cor de mel, cerca de 3 ou 4 meses depois pintei de preto azulado. Cinco meses depois fiz um alisamento. Depois de mais 4 meses descolori novamente, e fiz a besteira de fazer mais de uma descoloração no mesmo dia. Cerca de dois meses depois pintei de castanho tentando amenizar os estragos, depois de alguns meses fiz duas mechas roxas no cabelo com violeta genciana. Decidi então deixar meu cabelo em paz por…

Blythe Dolls

A Blythe Doll, é uma boneca que surgiu nos anos 70, porém, assustava um pouco as crianças. Por esse motivo, saiu de linha um ano após o lançamento. Em 1997, a jornalista Gina Garan ganhou uma boneca Blythe de presente e passou a fotografá-la em todos os lugares, dando assim inspiração ao seu livro "This is Blythe" (Esta é a Blythe). Em 1999, ela foi introduzida à Junko CWC Wong pelo artista e ilustrador, Jeffrey Fulvimari. Ainda naquele ano, a Hasbro deu à Takara, empresa japonesa, uma licença para produzir uma nova edição da boneca Blythe, a NEO (nova) Blythe. A Blythe foi usada em uma campanha publicitária de televisão por Parco, o ramo de moda da Seibu Department Stores no Japão e foi um sucesso instantâneo. O sucesso no Japão levou a Hasbro a dar uma licença à Ashton Drake Galleries (ADG) em 2004, para produzir Blythes nos Estados Unidos por um preço mais "em conta".
Há dois tamanhos de bonecas Blythe: a 28 cm (escala 1/6th) de tamanho natural, e as de 11,2 cen…